Terça-feira, 12 de Julho de 2011

Agências de Rating, Hoje e Sempre.

Eis que Portugal arranjou um novo bode expiatório para a crise, principalmente um novo desviar de atenções. Atenções que certamente seriam mais necessárias noutros assuntos.. Ora bem, todos sabemos e reconhecemos o comportamento das Agências de Rating (e há que dizê-lo) como vergonhoso, não só por nos terem baixado o rating do nada, sem razões para tal (inclusive depois de novas medidas de austeridade), mas também pela curiosa insistência em manter o rating dos EUA no nível máximo. Obviamente ninguém acredita em coincidências, ainda para mais envolvendo o benefícios dos EUA. Mas isto tudo, já nos sabemos, aliás é o que mais se tem falado em Telejornais, Jornais, revistas, redes sociais, etc. Aquilo que poucos parecem ver, é o porquê por trás de tudo isto. Benefício dos Americanos? Claro, mas como? Aquilo que se está a assistir é a uma clara tentativa de destruição da UE e do Euro. Assiste-se actualmente a uma Guerra EUA vs Europa, Dólar vs Euro. E é aqui que temos que ser mais inteligentes. Como? Em vez de virmos falar para a televisão que é ridícula a decisão destas agências, é altura dos principais responsáveis políticos Europeus tomarem medidas sérias, retirando o poder que estas agências têm e não deveriam ter de arruinar a vida de milhões de pessoas. 

 

Felizmente, para todos nós, parece que depois do inexplicável corte do rating a Portugal por parte da Moody's fez-se luz na cabecinha de muito boa gente por essa Europa fora. A primeira medida partiu da parte do BCE, dizendo que vai passar a ignorar a cotação dos Americanos aquando da necessidade de financiamento por parte dos países em crise. A segunda e principal, surgiu da ameaça de criação de agências de rating na Europa e na Ásia. Isto sim, servirá para assustar os Americanos, que terão de passar a preocupar-se mais com o estado da sua Economia e das suas Finanças do que em destruir o Euro. Vamos ver como entretanto os dirigentes políticos continuam a agir perante os constantes ataques à coesão Europeia, que muitos designam condenada ao fracasso. 

 

Importa ainda referir que nada disto serve para desculpabilizar as políticas governamentais postas em prática em Portugal nos últimos 10/15 anos, de total descontrolo das Finanças Públicas, simplesmente serve para dar conta dos ataques a que a Europa (e consequentemente Portugal) tem vindo a ser sujeite, por parte daqueles que ironicamente iniciaram este crescente efeito dominó pelo Planeta. 

tags:
BM. às 16:23
link do post | comentar
 

Posts Recentes

森の木琴

O que Portugal tem de Mel...

Liberdade

De acordo.

Perfeito para deprimir !

Pobre Ensino..

Agradável Surpresa, para ...

Le Tour!

O Comunismo e a sua ilega...

U2 !

tags

todas as tags

Arquivos

Julho 2011